Sobre

Seguindo a premissa das edições anteriores, a terceira edição do Seminário Debates do Tempo Presente, cuja temática é desafios para as humanidades em tempos de crise, surgiu da demanda social provocada por acontecimentos recentes. Desde o inicio do século XXI o mundo presencia problemas que, inicialmente, pensamos terem acabado junto com o século XX.

Conflitos bélicos e o aumento do terrorismo como arma política se mostraram problemas persistentes. As guerras do Iraque (2003-2011) e do Afeganistão (2001-) são um exemplo, frutos de um suposto combate global ao terrorismo pensado como resposta aos atentados de 11 de setembro de 2001, cujos resultados são altamente duvidosos, já que houve um razoável aumento na quantidade de grupos terroristas e de suas ações.

Além disto, podemos perceber o crescimento de uma insatisfação para com o sistema, estabelecido em diversos países e expressado através de movimentos como a Primavera Árabe no Oriente Médio ou nos gritos dos Indignados que foram às ruas em países como França (2005), Chile (2010), Inglaterra (2011), Estados Unidos (2011), Espanha (2012) e Brasil (2013). Tais fenômenos ainda demonstram consequências diversas, como a troca de governantes ou de regimes em alguns países, como pudemos ver no Brasil e no Egito; ou a guerra civil na Síria, agravada pela intervenção de diversos atores externos e que acabou gerando mais uma grande onda de refugiados.

Ainda dentro deste contexto, em diversos países podemos ver um avanço da extrema-direita e dos nacionalismos. Isto fica visível através do crescimento de figuras como Donald Trump nos EUA e Marine Le Pen na França. Já no Brasil, há um forte clima de incerteza e desconfiança em relação às instituições políticas por parte da população, o que abre espaço para figuras defensoras do conservadorismo e que pregam soluções para questões sociais e políticas que acarretam em perdas de direitos. Todos estes problemas levam a manifestações de ódio, xenofobia, homofobia, racismo e fundamentalismo religioso, que podem ser vistos em diferentes locais, em dimensões variadas.

Considerando o papel das humanidades no combate a tais problemas, é que a proposta deste evento foi pensada. Buscando reunir e debater contribuições das diversas áreas das humanidades sobre este momento de crise, a terceira edição do Seminário Debates do Tempo Presente se destinará a graduandos, graduados, pós-graduandos, professores da rede pública de ensino, pesquisadores e docentes das graduações destas áreas do conhecimento.